Causos | | Pamella Ferrari

Causos

Aqui é um espaço para bate-papo entre amigas. Envie o seu causo e participe do quadro toda semana aqui no blog, juntas vamos encontrar a melhor forma de superar todos os nossos problemas.

  1. 30 de abril de 2017 às 21:38

    pAM LINDA!!! AMEI ESTE QUADRO. QUERO COMPARTILHAR UMA HISTÓRIA UM TANTO INCOMUM AINDA HOJE, MAS QUE ACONTECEU A QUASE 12 ANOS ATRÁS.
    HOJE VEMOS MUITOS CASOS DE RELACIONAMENTOS VIRTUAIS, QUE DERAM CERTO.
    MAS O DA MINHA IRMÃ FOI O SEGUINTE :
    ELA CONHECEU O ATUAL MARIDO PELO BATE-PAPO UOL(SIIIMM, HAHA), ELE MORAVA EM BOSTON, EUA. ELA MORAVA AQUI NO OESTE DE SANTA CATARINA, ONDE MORAMOS ATÉ HOJE. NA ÉPOCA ELA TINHA SEPARADO, ESTAVA GRÁVIDA E TINHA OUTROS 2 FILHOS PEQUENOS.
    E ELES FORAM CONVERSANDO, LOGO APÓS PASSARAM PARA CONVERSAS ATRAVÉS DO MSN, ENFIM…FICAMOS QUASE LOUCOS COM A SITUAÇÃO, MAS QUANTO MAIS FALÁVAMOS, MAIS ELES ESTAVAM ‘PRÓXIMOS’.
    POIS BEM, CERTO DIA ELE LIGOU, FALOU PARA MEU PAI QUE QUERIA CASAR COM ELA.
    MAS PARA CASAR ELE PRECISAVA VIR PARA CONHECER ELA PESSOALMENTE, NÉ. MAS NÃO, ELE QUERIA CHEGAR AQUI JÁ CASADO.
    FOI AÍ QUE ENTREI NA HISTÓRIA, POIS ELE MANDOU UMA PROCURAÇÃO EM MEU NOME PARA QUE NO DIA DO CASAMENTO CIVIL, EU ASSINASSE POR ELE, JÁ QUE NA DATA ELE AINDA NÃO ESTARIA AQUI. QUE LOUCURA, NÃO?!
    POIS ENTÃO, ‘CASAMOS’ E UM MÊS DEPOIS ELE CHEGOU. O PRIMEIRO ENCONTRO DELES FOI EM FOZ, NO AEROPORTO AINDA HAHA. E PRA FINALIZAR, ESTÃO JUNTOS ATÉ HOJE, E SUPER SE AMAM E SE DÃO BEM.

    UM BEIJO GRANDE PRA VC, E PRA QUEM LER A HISTÓRIA.

  2. 11 de maio de 2017 às 21:11

    Olá Pamella! primeiramente obrigada por esse quadro e quero dizer que adoro seu trabalho.Vamos ao causo.Tenho 22 anos, sou de Bh-mg.
    eu e meu marido nos conhecemos pela internet em julho de 2015, ele que mora que salvador-ba, em dezembro do mesmo ano decidimos morar juntos e como ele já tinha uma instabilidade por ser concursado, eu decidi que largaria meu emprego para viver essa aventura, e principalmente ter que ficar longe da minha família e amigos…confesso que tive medo e mesmo que se passaram 1 anos e 5 meses, eu ainda me sinto frágil por não ter meus amigos e meus pais por perto, mas está sendo um período muito importante na minha vida, pois estou descobrindo que sou muito mais madura do que eu imaginava ser.o problema é que com toda essa pressa de estar juntos, decidimos que MORARÍAMOS com minha sogra até ter uma ESTABILIDADE, enfim, minha sogra é um amor de pessoa e eu a amo, mas infelizmente o grande problema é o marido dela, padrasto de meu marido…é uma pessoa muito DIFÍCIL de conviver, uma pessoa EGOÍSTA que não mede esforços para prejudicar uma pessoa que ele não gosta, hoje faz de tudo para causar discórdia, e a pouco mais de 6 meses eu tenho aturado implicâncias, piadinhas más e comentários sórdidos, no começo eu estava me tornando uma pessoa chata com meu marido, pois eu cobrava dele que ele deveria chamar atenção do padrasto(e ele conversava com ele) mas ele sempre me falava que ele foi assim a vida inteira e nunca mudou, isso estava afetando o meu relacionamento e o meu estado de espirito, até que percebi que isso estava fazendo mal a mim mesmo, decidi deixar de lado. em dezembro do ano passado, descobri a traição do meu marido, foi uma das piores coisas que já me aconteceu, pois já fui traída em namoros, mas quando você está casada esses tipos de coisa são bem piores,e o pior, a mulher se dizia grávida dele, mas depois descobrimos que ela inventou tudo, eu só queria voltar pra casa e mais nada; tirei um tempo pra refletir sobre tudo e colocar na balança se valeria a pena perdoar ou ir embora e deixar tudo pra trás aquilo que pra mim ainda era um sonho, e decidi perdoar porque ele se mostrou arrependido ( e estávamos passando por uma fase linda), nas brigas eu tentava não jogar na cara dele o que aconteceu no passado, e muitas das vezes eu conseguia e até me sentia bem por não fazer isso, alguns meses e ele veio conversar comigo dizendo que eu era a uma pessoa maravilhosa e que me amava muito, mas que ele queria liberdade, que o casamento estava fazendo com que ele se sentisse preso (mesmo eu não o sufocando) e que ele estava pensando em não me magoar… foi ai que meu chão desabou. eu tinha medo de voltar pra casa e perder tudo o que construí aqui, e eu não sabia como seria viver longe de uma pessoa que você ama muito e que talvez você nunca mais se encontrasse com ela, e estava aflita, perdendo noite, pedindo a ele mais uma chance pra nós, até que percebi que eu estava pensando apenas no relacionamento e não no meu bem estar, no que era melhor pra mim, dai decidimos que eu terminaria o semestre da faculdade, mas nesse tempo venho me sentindo angustiada, baixa auto estima e acomodada, na ultima conversa que tivemos ele veio me dizer que não sabe mais como é viver sem mim, e que não tinha mais certeza da escolha que ele fez, se queria mesmo que eu fosse embora, mas hoje tenho parado pra pensar o que é melhor pra mim, porque eu havia esquecido de mim nessa situação.Então pamella, eu sinto que preciso de uma ajuda a mais, pois não tenho meus pais e nem meus amigos por perto, o que você acha que eu devo fazer a respeito? tenho sofrido com essa situação, pois meu casamento não está nas melhores fases, mas vejo que ele sempre tenta me fazer bem… você acha que eu deveria procurar um profissional para que talvez ele possa me ajudar nessa fase?

    desde já quero te agradecer por todo carinho que você tem com seus seguidores!!

    beijos linda, sucesso.

  3. 6 de junho de 2017 às 16:31

    Ola, tenho 23 anos, faço faculdade de estetica.
    Venho aqui dizer minha grande difcicUldade no meu relaCionamento. Eu sou muito insegura, nunca me achei linda, sempre fico me colocando pra Baixo, entao essa inseguranca ela da medo, ciumes possesivo. Eu quando estou com ele, quando passa uma menina, eu ja digo que ele ta olhando pra Ela, que toda mulher bonita que passa ele olha, ele curte toda foto de mulher bonita no insta. O jeito dele tambem me incomoda muito. Ele e um cara que parece que nao sente nada. Ele nao demostra ciumes, medo, ele As Vezes chega pra mim e diz que nao se importa que eu saia sozinha, nao Reclama de nada, da roupa que visto, das fotos que coloco. Difinitivamente nao demostra nada. Sera que ele sente? Eu quero e estou fazendo por onde eu mudar. Me sentir segura, me achar linda, nao Demostrar ciumes. Me da uma luz, que isso e coisa de doido. 😊😘😔

Seu nome:
Seu e-mail:
Seu blog:
Mensagem:





“As coisas têm vida própria. Tudo é questão de despertar a sua alma.”


@pamellaferraric no instagram