Deixe a sua criança brincar! - Pamella Ferrari
9 . março . 2017 | Maternidade

Deixe a sua criança brincar!

Oi amores, hoje é dia de falar com as mamães que me acompanham ❤️

Infelizmente, toda aquela curiosidade que tínhamos na infância foi se transformando com o tempo e com a vida real, e aos poucos, perdemos a alegria de viver como crianças. Nossa criatividade vai lentamente desaparecendo enquanto vamos adquirindo responsabilidades, mas é muito importante termos vivido a fundo essa criatividade enquanto pequenos.

Sabe quando dizem que a criatividade das crianças não tem fim? É bom que não tenha mesmo, embora isso vá acontecendo ‘naturalmente’ conforme vamos crescendo, mas essa base de criatividade sem limites, fértil, cheia de cores e possibilidades nos ajudam a sermos adultos melhores. Experimentar, criar hipóteses e confirmá-las, explorar diferentes materiais e, consequentemente, se sujar são estímulos necessários para a construção das relações humanas e da inteligência.

Alvaro-443

Ao censurarmos o comportamento das nossas crianças, focando apenas em criticá-las, estamos provocando nelas baixa auto-estima, insegurança, medo de se expor e isso vai resultar em adultos infelizes.

Crianças que brincam pouco durante a primeira infância revelam problemas de alfabetização e aprendizagem em geral, pois permanecem imaturas por não terem desenvolvido habilidades iniciais básicas. E para tornar a infância em uma fase inesquecível, é importante que pai e mãe participem dessas brincadeiras e também façam atividades em família.

Ler, montar peças de teatro, dançar e sempre que possível fugir da rotina são ótimas ideias.

Como pais, devemos proporcionar aos nossos filhos ambientes saudáveis, amorosos, ricos em estímulos e seguros que despertem a curiosidade. Uma criança que é estimulada a usar sua imaginação se torna um adulto mais seguro na tomada de decisões, com maior senso criativo na resolução de problemas.

Como estimular a criatividade do meu filho?

Aqui no blog eu já dei algumas dicas simples sobre como fazer isso, CLIQUE AQUI para ver o post.

Agora eu quero ajudar você a resolver 3 principais causas que fazemos – muitas vezes sem perceber – e que minam a criatividade dos nossos pequenos.

1 – Criticar em excesso. Mesmo com a melhor das intenções, críticas devem ser dirigidas ao comportamento, jamais à criança. E, mesmo assim, de maneira cuidadosa. Dizer, aos gritos, “Você é bagunceiro!” não faz ninguém se tornar organizado. Mas “Vamos arrumar estes brinquedos de um jeito bacana juntos?” ensina e ainda dá o exemplo de como falar com as pessoas sem magoar.

2 – Transformar televisão e tablet em brinquedos. Crianças que ficam mais de uma hora por dia com os aparelhos ligados têm seu desenvolvimento afetado, pois, com eles, ela não se movimenta, não interage com os familiares, não brinca. Eletrônicos nunca vão substituir o efeito positivo da brincadeira livre, que provoca estímulos físicos e mentais fundamentais para o desenvolvimento.

3 – Manter a criança sempre ocupada. Ao contrário do que se pensa, uma agenda lotada com atividades, sem tempo livre, não é saudável para a criança. Pelo contrário: tira dela a oportunidade de estimular sua criatividade. Até os 6 anos, pelo menos, a criança precisa, de vez em quando, ficar sem fazer nada. Afinal, são nos momentos de tédio que ela desenvolverá suas ideias, imaginação e entusiasmo por seus próprios projetos.

– – –

Toda mãe quer e busca ser melhor a cada dia para o seu filho, por isso eu amo compartilhar essas dicas de maternidade aqui no blog. Eu também quero ser cada dia melhor para o Álvaro, meu bem mais precioso. Juntas podemos compartilhar nossas experiências e encontrar uma nova maneira de tornar a infância dos nossos pequenos em uma fase inesquecível.

Estamos juntas, meus amores.
Contem comigo.

Comente com o Facebook

Comente com o seu E-mail

Seu nome:
Seu e-mail:
Seu blog:
Mensagem:





“Quando sair ore, e quando voltar agradeça, você não faz ideia de tudo o que Deus te livrou nessa ida e volta.”


Design e Desenvolvimento